terça-feira, 13 de novembro de 2012

Vida nova

Eu sabia como seria. Conhecia as consequências. As mudanças no seu corpo, na sua cabeça, nos seus sentimentos.
Eu sabia que ela era jovem, e do impacto que isso causaria, mas não podia correr o risco de perdê-la.
Eu poderia esperar por anos, mas eu sabia que ela não esperaria para sempre.
Eu sabia que ela não compreendia o quanto essa decisão seria definitiva, mas eu teria feito qualquer coisa para mantê-la segura ao meu lado.
Uma vida nova para uma nova vida.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Estabilidade


Depois de 6 meses, meus sentimentos voltaram a estabilizar. Tenho plena certeza de que fiz as escolhas certas, e estou vivendo a fase mais feliz e maravilhosa da minha vida.
Ângela realmente é tudo que eu sempre desejei, e eu a amo mais a cada dia. Ela mudou muito nos últimos meses, e para melhor em todos os sentidos.
A gravidez está indo bem, e já passamos dos 5 meses.


Vini está muito bem. Crescendo forte, lindo e inteligente. Ele é muito parecido comigo, mas é melhor do que eu em tudo.
Ele e Ângela se entendem muito bem, apesar de ele não ter desenvolvimento muito bem a linguagem de sinais. 



quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Resumo da ópera

Há cerca de um ano, passeando pelo Facebook, encontrei a garota que iria mudar minha vida.
Só precisei olhar na foto do perfil para saber que havia encontrado alguém especial, alguém por quem estava esperando há muito tempo.
Alguns dias depois de adicioná-la, ela confirmou meu pedido de amizade e começamos a conversar. Mas assim que ela me mandou a primeira mensagem, um simples 'oi', eu tive certeza de que essa garota iria mudar minha vida.
Gravei todas as fotos do seu perfil no meu notebook, e passava horas admirando sua beleza tão única, tão fantástica.
Começamos a trocar mensagens pelo celular e dois meses depois combinamos nosso primeiro encontro. Cinema, no shopping, numa segunda-feira.
Quando ela chegou, foi amor a primeira vista. Não precisei nem de dois segundos completos para ter certeza de que ela seria a mulher com quem eu iria me casar.
À partir de então, foi uma novela. Tivemos de romper diversas barreiras, linguagem, diferença de idade, cultura, família. Nos encontramos escondidos, sorrimos, choramos, brigamos, mas sempre nos amamos.
Foram 5 meses de muito amor e sofrimento, principalmente pela distância, e pelo fato de não podermos nos ver por conta da contrariedade da família dela, e da resistência deles em me aceitar e acreditar na honestidade dos nossos sentimentos, apesar de todo nosso esforço.

Até que nos cansamos de sofrer, e decidimos deixar o mundo pra trás e fugir juntos.
Dia 17 de abril, fugimos pro litoral de madrugada, e começamos a viver nosso sonho.

Desde então, meu mundo ficou perfeito, e eu fui o homem mais feliz do mundo todos os dias. E a cada dia que passa eu tenho mais certeza da força do nosso amor.

Eu só precisei olhar a foto do perfil pra saber que era aquele o rosto que eu iria ver toda manhã na minha cama. Só precisei da primeira mensagem pra saber que é com ela que eu iria conversar todos os dias. E só precisei de 2 segundos olhando nos seus olhos pra entender que ela é o amor da minha vida.


segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Festa de aniversário da Bianquinha

Nesse sábado, dia 01/08/2012, foi a festa de aniversário de 2 anos da Bianquinha.
Foi muito legal, e muitos compareceram. É sempre bom estar com a família. Embora eu tenha ficado o tempo todo com Ângela e Andreza para que elas não ficassem isoladas, já que ninguém mais da família fala em LIBRAS. E, de qualquer forma, eu não saberia não estar perto da Ângela, e adoro conversar com Andreza também.
Vinicius ficou o tempo todo brincando com Pedro, e se divertiram muito. E Bianquinha estava linda.











quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Grávida

Não vou postar fotos para preservar a privacidade das pessoas envolvidas, a única pessoa que não precisa de privacidade aqui sou eu.

Mas enfim, estamos completando 3 meses de gravidez agora. Já sabemos desde o primeiro mês, e nossas famílias já sabem há cerca de um mês.
Estamos muito felizes, e não foi por acaso, nós planejamos isso desde antes de podermos estar juntos de verdade. É a realização do nosso sonho. Estarmos juntos e ter nosso filho(a).
É um momento maravilhoso. Minha carreira está num momento excelente e a família toda está muito bem. Vini é um rapaz, e Ângela está se tornando uma mulher maravilhosa.

Estamos construindo uma casa nova, e estamos correndo para terminar antes do bebê nascer. Mas estamos caprichando, quero uma casa linda pra ela.

Essa semana começamos o pré-natal e agora vamos agradecendo pela fase perfeita que estamos vivendo.

sábado, 21 de julho de 2012

3 meses

Essa semana completamos 3 meses juntos, e eu nem consigo me lembrar de como era não acordar todas as manhãs sem ela do meu lado, na minha cama. Já faz tempo o bastante para que eu tenha esquecido de como  era dolorosa a incerteza do nosso futuro sempre juntos.
O tempo tem cicatrizado as feridas no meu peito, e agora elas já estão quase que completamente fechadas.
Essa semana encerra o primeiro ciclo do nosso relacionamento real. Agora nos conhecemos de verdade e nos comunicamos apenas com olhares. Não temos mais medo de acordar desse sonho e sabemos de o outro não vai sumir num piscar de olhos.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Predestinados

Eu nunca realmente tive uma escolha. Desde a primeira vez que eu vi aqueles olhos, eles nunca mais saíram da minha cabeça, nem por um minuto. Desde a primeira vez que eu a vi, eu nunca dormi sem estar pensando nela, e nunca acordei sem que ela fosse a primeira coisa que me viesse à mente.
Eu tive todos os motivos para desistir, mas isso nunca realmente se passou pela minha cabeça.
Eu não entendo os motivos, mas desde o nosso primeiro encontro, eu tive plena certeza de que ela seria o amor da minha vida, e eu não poderia sequer pensar na possibilidade de deixar algo especial assim passar.
Eu nunca tive escolha. Ela sempre foi tudo que eu sempre quis, mesmo antes de conhecê-la, mesmo antes de ela ter nascido, eu já sonhava com o bem que ela me faria, e com a felicidade que ela me faria sentir.
Quando me lembro de como era estar longe dela, eu agradeço por ela estar comigo agora, e vou sempre fazer o possível e o impossível pra fazer com que ela seja tão feliz comigo quanto eu sou com ela.


terça-feira, 10 de julho de 2012

Revolução Constitucionalista de 1932


Não sei nada sobre a história do feriado, mas pra mim foi um final-de-semana prolongado em casa com minha família. E é só isso que eu quero agora, mais tempo com minha família. Isso considerando que Ângela, minha noiva, já é parte da minha família.
No sábado fez frio, e aproveitamos o pouco Sol pra ficar com o celular e o tablet colocando nossas redes sociais em dia. E a noite teve uma festa na Ivani, foi aniversário de 2 anos do Ícaro, o filho da Camila.
Foi legal. Tinha vários caldos, e nesse frio foi muito bom, mas me deu uma reação no sistema digestivo...
Não tinha ninguém do bairro além do pessoal de casa. E choveu forte, então eu peguei Ângela de cavalinho e muito muito legal correr com ela nas costas na chuva.
Assistimos a luta do Anderson Silva, que terminou bem tarde, apesar de ter sido super rápida. E caímos na cama morrendo de sono.

O domingo foi igualmente tranquilo. Eu preparei meu tradicional macarrão, mas poucos vieram almoçar em casa por conta da chuva. Então aproveitei pra descansar até cansar de não fazer nada.
O máximo que fizemos foi ficar jogando no tablet e vendo TV. Assistimos um filme horrível, 'O Mistério da Rua 7', que começa e termina sem pé nem cabeça.

A segunda-feira não foi muito diferente. Eu fiz novamente meu macarrão, pois a tia Regina com o tio Paulo vieram almoçar em casa, além das minhas irmãs e minhas sobrinhas. Dia gostoso. E no final da tarde fomos na casa da Elaine tomar café da tarde e foi bem legal.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Final-de-semana


Final-de-semana bem legal.
No sábado, Ângela e eu levantamos cedo pra ir pra reunião na escola do Vinicius. Tomamos café-da-manhã na padaria e fomos no Tucuruvi encontrar o Leonardo Costa. Meu amigo, e primo de consideração da Ângela.
Passamos na casa dos pais dela pra chamar Andreza e Pedro pra passar o dia com a gente, Pedro veio, mas Andreza ficou com vergonha e não foi com a gente.
Fomos para casa, onde Vinicius e Pedro começaram a brincar e se deram muito bem. Depois fomos almoçar no Giraffa´s do Maia e passamos o resto da tarde no Bosque Maia.
Vinicius e Pedro se entenderam muito bem. Tem praticamente a mesma idade e brincaram muito juntos.
Foi legal poder conversar com mais gente em LIBRAS para testar minha fluência, e eu vi que estou muito bem.
A noite levamos Leonardo de volta no Tucuruvi e deixamos Pedro em casa. Foi um dia bem legal.
No domingo ficamos em casa. Praticamente sem fazer nada o dia todo.
A tarde ela quis sair para comprar sorvete, aproveitei para dar a primeira aula de direção para ela. Foi a primeira vez que ela dirigiu e ficou super emocionada, aliás, foi muito bem.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Voltar no tempo

Sabe aqueles momentos em nossas vidas, em que olhamos pra trás e sentimos vontade de poder voltar no tempo? Voltar a ser criança e ter menos responsabilidade, ou poder aproveitar melhor as oportunidades?
Sempre pensei muito nisso, não porque acredito que possa voltar (já pensei nisso), mas para poder aproveitar melhor o tempo que ainda temos, e as oportunidades que podem surgir.
Com essa mentalidade que me tornei o homem teimoso e despreocupado que sou hoje. Eu faço o máximo para aproveitar as oportunidades que surgem para que eu não venha a me arrepender depois. E tem funcionado muito bem para mim.
Mas, hoje, eu não gostaria de voltar no tempo, porque estou vivendo a melhor fase da minha vida, e não tem nada que eu pudesse ter feito diferente para tornar minha vida melhor do que está agora.
Talvez um dia eu olhe para trás e queira voltar a viver essa fase novamente, ou, e eu espero que seja assim, eu vou viver sempre plenamente feliz como estou agora.


Minha família sempre bem, e comigo em tudo. Meu filho lindo, forte e feliz, e a mulher que eu amo, o amor que eu sempre sonhei. Só quero poder viver essa felicidade para sempre...

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Organizando o quarto

Não podia ser melhor, porque já é perfeito!
Ainda tenho a sensação gostosa de que minha vida é um sonho, porque é perfeita demais em todos os sentidos.
É incrível, e talvez seja irritante para as outras pessoas, ver como as coisas se encaixam perfeitamente na minha vida, e como tudo acontece da maneira mais perfeita pra mim.
Eu olho pra Ângela lá, na minha casa, com minha família, e me lembro que eu falava para meus pais que eu já podia ver isso no futuro, e agora que é real, é presente, não conheço palavras pra expressar o que eu sinto.
Esse final-de-semana montamos nosso guarda-roupas novo, e enfim o quarto está organizado.
No sábado fomos pra festa junina em Mairiporã, na casa do meu tio João. Foi bem legal encontrar alguns parentes, e a maioria Ângela ainda não conhecia pessoalmente.
Vinicius adora brincar com as priminhas, Júlia e Milena, e Heloísa e Bianca também foram.
Estava frio demais, e a fogueira só serviu pra fazer fumaça e deixar todo mundo cheirando à queimado e com os olhos ardendo.
No domingo passamos o dia em casa arrumando e organizando o quarto. Saímos pra almoçar fora, no Giraffa´s do Maia e comprar cabides no Extra. Paramos na America Express pra comprar chocolates e tomamos sorvete lá no estacionamento.
Passamos o resto da tarde sem fazer nada demais, só aproveitando nossa compania, e é maravilhoso. Eu nunca me canso de dizer pra ela o quanto eu a amo, de todas as formas que eu consigo imaginar...


quinta-feira, 21 de junho de 2012

Dois meses

Os últimos meses têm sido absolutamente perfeitos. É maravilhoso viver o que sonhamos, e saber que fizemos a coisa certa. É maravilhoso ter a sensação de que nada nos falta.
Desde o primeiro segundo olhando nos olhos dela, que eu sei o que eu quero, e eu nunca duvidei, mas ainda assim, confesso que tive medo, e sofri muito longe dela. Mas agora, tudo está perfeito.
Dois meses, e eu nem me lembro de como é viver sem ela. É muito fácil se acostumar às coisas boas. E dormir e acordar ao lado da mulher que eu amo, é muito mais do que bom, é simplesmente maravilhoso, perfeito.
Conversamos muito, brincamos, brigamos, mas o importante é que cada momento em que estou ao lado dela eu sou feliz.
Eu sempre soube o quanto seria maravilhoso viver esse amor, mas agora que ela também percebe isso, tudo fica ainda mais maravilhoso.
Saber que nos amamos é bom, mas ver ela dizendo que me ama é indescritível. É a melhor sensação que eu posso sentir nessa vida.
Dois meses de muitos meses e anos que teremos juntos pela frente.


segunda-feira, 4 de junho de 2012

Aventura no final-de-semana

Passamos o sábado inteiro em casa sem fazer nada, só curtindo a felicidade de ter tudo que eu preciso comigo, e a manhã de domingo também, curtindo nossa preguiça. Depois do almoço Vinicius convenceu Heloísa, Ângela e eu a irmos no morro curtir uma aventura.
A subida foi legal, tirando o mato alto pinicando os pés e as canelas deles, quando chegamos lá no alto, estavam todos cansados e suados.
A vista é linda e faz a subida valer a pena.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Vivendo um sonho

Estou vivendo uma fase maravilhosa. Certamente a melhor fase da minha vida.
Tenho meu filho comigo, que é lindo, meu melhor amigo, que está crescendo forte e é ainda mais bonito, esperto e inteligente do que eu. Minha família unida e saudável, que me apoia em tudo sempre. O emprego ideal, onde eu trabalho com o que eu gosto e ganho mais do que mereço. E a mulher dos meus sonhos vivendo comigo, do meu lado, dormindo abraçada comigo, me fazendo plenamente feliz. Eu só preciso olhar pra ela pra saber que minha vida está perfeita, e eu quero poder acordar ao lado dela todos os dias da minha vida.
Eu não sinto falta de nada agora. Não preciso de nada que eu já não tenha, porque já tenho tudo que eu quero comigo. Não estou mentindo quando digo que minha vida está perfeita e só o que eu quero agora é poder manter as coisas assim pelo maior tempo possível, de preferência para sempre. Como um sonho bom do qual não quero acordar.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Paradoxo

Agora que estou vivendo isso é fácil entender como desde antes eu já podia sentir o quanto seria maravilhoso estar com ela. Mas o que é um grande paradoxo para mim é o seguinte: O único motivo para eu ter insistido tanto no nosso amor, mesmo quando não havia esperança, foi porque eu já via nosso futuro juntos, porém, esse futuro só se tornou real porque eu podia vê-lo antes de acontecer. Ou seja, se eu não pudesse ver antes de acontecer, não teria acontecido, e só foi possível porque eu vi antes de acontecer. Legal né!

terça-feira, 24 de abril de 2012

Quem acredita sempre alcança

Só precisei de 2 segundos olhando nos seus olhos para ter certeza de que eu quero passar o resto da minha vida ao lado dela.
Durante 8 meses nossa vontade foi testada, e nosso amor foi colocado à prova. Algumas vezes nossa esperança enfraqueceu, e por alguns caminhos não era possível enxergar nem mesmo um passo à frente, mas ainda assim nunca desistimos.
Sofri muito por meses, pela distância, por não poder vê-la, abraçá-la. Perdi peso, me afastei das pessoas, não conseguia me concentrar no trabalho. Mas nada disso foi em vão, porque eu sempre soube que todo esse esforço seria recompensado, e finalmente foi.
Estamos juntos agora, e nada nunca vai nos separar.

sexta-feira, 30 de março de 2012

A corda

Estamos ambos segurando na ponta da mesma corda agora. Em lados opostos, cada um na beira de um abismo. Apoiados apenas pelo peso um do outro.
O primeiro a soltar a corda se salva e deixa o outro cair.
A única maneira de ambos se salvarem é se mantendo confiante no outro, e resistindo à dor nas mãos. Até que alguma inesperada aconteça e nos salve aos dois.

Não posso prever além das decisões que ainda não foram tomadas. Não sei o que vai acontecer, mas o certo é que não quero acabar no fundo de um abismo e nem quero isso pra ela. Força e Fé.

quarta-feira, 28 de março de 2012

Missão cumprida

Depois de tanto tempo, tanta batalha, eu finalmente consegui concluir minha missão com ela, e agora ela não precisa mais da minha proteção. O que é ótimo por um lado, ela está livre da influência negativa que vinha causando tanto estrago na vida dela, mas por outro lado, agora eu perdi meu chão. Passei tanto tempo dedicado integralmente à proteger ela, que agora que ela não precisa mais de mim dessa forma, eu não sei o que fazer. Meu mundo tem girado em torno dela, e agora eu não sinto mais a gravidade.
Ontem me encontrei com ela, e passamos o maior tempo que já passamos juntos, e é triste ver o quanto as coisas mudaram, sem o magnetismo extra.
Fiquei perdido, confuso. Pensei muito, meditei, e cheguei à conclusão de que eu mereço um descanso, e mereço ter a chance de ter um relacionamento 'normal' e um período de felicidade, sem ter de enfrentar nada de sobrenatural.
As coisas mudaram, aliás, muitas coisas mudaram, mas o amor que eu sinto por ela, e que ela sente por mim, continuam intactos, e, como uma amiga me falou ontem, isso é o bastante!
Eu não preciso estar com ela, mas eu quero estar com ela. Eu escolho seguir com esse amor tão lindo.
Eu quero um relacionamento normal, com a garota que eu amo. Um tempo de paz até que a próxima tarefa me seja definida.

Se precisarem de mim, estarei aqui tentando ter uma vida feliz.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Recuperando a estabilidade emocional

Depois de passar os últimos meses obsecado por ela. Nos últimos dias tenho começado a recuperar minha saúde emocional.
Encontrar com ela me fez bem, eu estive muito inseguro em relação aos sentimentos dela por mim, pelo fato de termos ficado separados fisicamente por muito tempo, e isso disparava o meu ciúmes e meu medo de perder o que foi tão difícil de encontrar.
Mas agora, depois de termos passado algum tempo juntos, eu percebi que realmente fomos feitos um para o outro, e sentir como ela se sente quando está perto de mim, me devolveu a confiança e praticamente extinguiu o meu ciúmes.
Basicamente estou bem novamente. Voltando a ser eu mesmo. Até consigo passar algumas horas sem mandar um SMS pra ela, e voltei a conversar com as pessoas. O que é muito bom, já que ninguém mais estava com paciência pra me aturar...

E quando eu estava começando a recuperar minha sanidade emocional, a Thalyta Borges uma amiga maravilhosa, me mandou uma frase que me trouxe de volta definitivamente:

A maturidade emocional é um processo contínuo que reflete a capacidade de conhecer e administrar suas emoções e compreender o estado emocional dos outros.
Ela requer do indivíduo ser adulto, ver as coisas realmente como elas são, sem medos, fantasias , preconceitos, dependências ou co- dependências, raivas, frustrações, ciúme etc.

Não costumo citar nomes, mas já que o fiz, não seria justo deixar de mencionar a Maysa Sales a quem eu sempre recorro quando estou desesperado, e que nunca me deixa perder as esperanças, e não me deixa esquecer quem eu sou. Ela é a única pessoa que pode brigar comigo.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Final-de-semana

A expectativa para esse final-de-semana foi tão grande quanto à decepção pela qual passei. Depois de esperar ansioso a semana inteira para encontrar a Ângela, no sábado os pais dela resolveram fazer um churrasco e não me deixaram vê-la.
Fiquei tão chateado, que acabei brigando com ela, por sua falta de atitude.
Para me distrair resolvi sair no sábado a noite com meu primo Henrique. Passei a maior parte do tempo ainda discutindo com ela por SMS, e depois de algumas cervejas, acabei falando demais e isso afetou o clima do nosso amor.
No domingo, ainda sem nos vermos, não conseguimos consertar as coisas, e eu fui pro shopping Internacional com Vini, onde encontramos uma amiga minha, a Fabiana, com a filhinha dela. Foi bom poder me distrair pelo menos por alguns instantes, embora tenha passado o tempo todo conversando com Ângela por SMS.
Vini se deu super bem com a menina, e eu tenho que admitir que estar com essa amiga, faz a dor no meu peito machucar menos.

Eu tenho o emprego dos meus sonhos, uma família perfeita e tudo que eu posso querer, agora só preciso resolver minha vida amorosa para poder dizer que sou feliz, porque atualmente não estou.
Se meu amor por ela não fosse tão forte e tão especial, um amor à primeira vista, o mais forte que eu já senti, eu poderia considerar esquecê-la, mas como posso esquecer uma pessoa que faz meu coração disparar e bater tão forte que até dói no meu peito, pelo simples fato de ela estar ao alcance da minha vista?
Como posso esquecer o futuro lindo que eu vou ter ao lado dela?

Dúvidas, escolhas, não sei o que vai acontecer, mas preciso resolver essa questão para enfim, depois de tantos anos poder dizer que estou feliz...

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Brinquedinho novo


Novo brinquedinho que comprei do meu cunhado na semana passada. Um Pálio 1.8 R. Tô curtindo demais. Super lindo e anda muito!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A Luz da Verdade

Então, nesse final-de-semana, finalmente eu tive a oportunidade de me apresentar oficialmente à família dela. Por exigência deles, eu fui acompanhado do meu pai.
Chegando lá, encontrei um clima tenso. Algum ódio direcionado contra mim, mas aos poucos esse ódio foi se enfraquecendo, até que toda hostilidade desapareceu.
Conversamos muito, sobre tudo que estava incomodando tanto à eles quanto à mim. Não fugi da verdade, não omiti a verdade, e a verdade foi a luz que iluminou e dissipou todas as mentiras e mal-entendidos.
Calculo que tenhamos conversado por uns 40 minutos, até que o clima estava brando e meu pai sugeriu que chamassem ela para se juntar à nós. Estávamos na sala, e a mãe dela disse que ela esta na cozinha, no escuro, bem ao nosso lado.
Meu coração que já estava acelerado, disparou de forma que me fez perder o controle. Então eu perguntei para os pais dela se eu podia ir chamar ela. Eles não disseram nem que sim e nem que não. Eu insisti uma, duas, três, quatro vezes, e como não ouvi um "não", eu me levantei e fui para a cozinha.
Ela estava lá, sentada, à meia luz, segurando uma lata de Coca-cola. Eu me aproximei, me certifiquei de que ninguém veio atrás de mim até a cozinha, e me entreguei à necessidade insuportável que eu estava sentindo de abraçar e beijar sua boca.
Me ajoelhei na sua frente, segurei suas mãos e passei no meu rosto. Foi um momento mágico pra mim. Me perdi no tempo, e por alguns minutos fiquei totalmente alheio à conversa que ainda estava acontecendo na sala ao lado. Então voltei.
Para resumir, acredito que tenhamos esclarecido todos os pontos, e acho que deixei bem claro minhas intenções e meus sentimentos por ela. Agora é uma questão de tempo até a poeira baixar e nós podermos ficar juntos numa boa.

O amor vence todas as coisas. Apesar de todas as mentiras e maldades que lançaram contra nossa felicidade, em momento algum eu disse uma palavra sequer que contivesse ódio, vingança ou qualquer sentimento negativo. E agora as coisas estão correndo muito bem.

Quem me conhece sabe que eu amo de verdade essa garota, e tudo o que eu quero é ser feliz fazendo dela a cada dia a garota mais feliz do mundo.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Carnaval

Conforme o planejado, passei o feriado de carnaval em casa, lendo.
Vinicius esteve comendo pouco, mas isso não fez com que sua energia diminuísse, e ele passou a maior parte do tempo na piscina, mesmo quando sozinho. Já que eu, não estava com pique para nada além de ficar sozinho lendo num canto, ou trocando SMS com ela.
Durante todo o feriado eu não a vi. Sua família, em mais uma tentativa de fazer ela me esquecer, foi passar o feriado em um sítio no interior. O que não me agradou nem um pouco. Ficar tanto tempo longe dela está me machucando demais, e me fazendo sentir coisas que eu não deveria sentir, como saudades e ciúmes, insegurança.
Nosso amor tem sido duramente testado e colocado à prova, mas, mesmo depois de termos completado 3 meses desse amor, as coisas só têm ficado mais fortes. Cada dúvida que se levanta fortalece mais minha certeza, e eu sinto que o mesmo acontece com ela.
Eu nunca cheguei a pensar em desistir, não tenho forças para isso. Mas sei que ela teve todas as chances de desistir, e não o fez. Pelo contrário, tem enfrentado a todos, até mesmo sua família, pelo que ela sente, pelo que ela acredita. E assim como eu, ela acredita que nosso amor é a coisa certa para nós dois.
Pode ser que, no geral, surdos devam se relacionar com surdos, mas no nosso caso, isso não nos afeta nem um pouco. Eu a amo exatamente como ela é, e não mudaria nada nela. E aprender sua linguagem não chegou a ser um desafio.
Pode ser que, para a maioria das pessoas, 13 anos de diferença, pode ser um abismo grande demais para que um relacionamento funcione, mas no nosso caso, isso não significa nada. Pois eu posso ser ainda mais adolescente do que ela, e muitas vezes ela se mostra mais madura do que eu.
Nosso caso não é a regra, não é comum, mas é mágico, e é perfeitamente certo para nós dois.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Julgado

Uma das coisas que mais me entristecem é a ignorância.
Quem me conhece sabe o tipo de pessoa que eu sou, e a autenticidade dos meus sentimentos.
Estou completamente apaixonado pela Ângela, e quero com todas as minhas forças viver essa história de amor ao lado dela.
Eu preciso dela, e ela precisa de mim. Mas a ignorância tem impedido as pessoas que enxergarem o que realmente está acontecendo, ou seja, duas pessoas que estão verdadeiramente apaixonadas e lutando para ficarem juntas.
A família dela, sem se dar ao trabalho em pesquisar sobre quem eu sou de verdade, preferiu dar ouvidos à algumas fontes falsas e maliciosas e esteve pensando o pior de mim, sem tentar me ouvir ou ouvir à ela. O que tem nos causado um sofrimento desnecessário e uma tristeza agoniante.
Porém, ontem as coisas se complicaram mais um pouco, e eu não pude mais me conter e liguei para a família dela.
Mais uma vez encontrei muito ódio contra mim, ainda por motivos irreais. Deixei que desabafassem e quando as coisas se acalmaram consegui convencê-los a me receber em sua casa nesse final-de-semana.
Pode ser o desfecho dessa história de amor, para o bem ou para o mal.
Mas a verdade é que não existe um motivo que possa me convencer a desistir de lutar pelo que eu acredito ser o amor da minha vida.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O que eu estive procurando

Uma das sensações que mais marcaram o final da última fase da minha vida, foi minha busca constante e incansável por alguém especial. E não se tratava apenas de alguém que fosse especial, mas eu estive procurando por 'uma garota', a garota certa, que seria perfeita em tudo para mim e me faria começar uma nova vida. Me faria pensar nela e só nela, e me faria totalmente feliz com apenas um olhar e um sorriso.
Não vou mentir, sou capricorniano, nunca pensei em desistir, mas a demora em encontrar essa garota tão incrível estava me cansando. Antes que eu estivesse cansado o bastante, ou muito perto disso, eu a encontrei e ela me encontrou.
Ela é uma garota incrível e maravilhosa, é exatamente tudo o que eu preciso.
Somos muito diferentes, ela me completa. Somos de mundos diferentes e eras diferentes, mas isso só faz com que tudo seja ainda mais interessante.
O momento é perfeito, apesar de muitos não concordarem. Mas eu sei que se eu fosse mais jovem, não estaria preparado para ela, e se ela fosse mais velha, não seria tudo tão mágico como é.
Desejo com todas as minhas forças poder viver essa estória de amor, e vou me esforçar ao máximo para sempre fazer dela a garota mais feliz do mundo.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Construindo as bases para uma nova vida

Conforme o planejado, iniciei uma nova fase na minha vida. Parei com os serviços da empresa e voltei a trabalhar como funcionário, de uma grande empresa desta vez. É o emprego dos meus sonhos, onde eu ganho muito mais do que no meu último emprego, mais do que eu teria pedido na verdade. E sou mais um em uma equipe grande e forte, mas ainda assim estou entre os melhores.
Em quase dois meses com a nova rotina profissional já estou completamente adaptado. Adaptação é um ponto positivo meu.
Minha vida pessoal continua perfeita, tranquila. Meu filho está cada vez mais forte, mais bonito e inteligente. Me orgulho dele em todos os sentidos, e se eu deixo, já desde tão cedo, que ele aprenda a resolver alguns problemas sozinho, espero que logo ele entenda que só faço isso para que ele cresça mais forte.
O último dos meus desejos para essa nova fase se realizou também, e como os outros, me surpreendeu em tamanho e força.
Eu conheci a mulher que me fez esquecer todas as outras, exatamente como eu pedi. Mas além disso, ela é tudo o que eu sempre sonhei. E está me fazendo viver a história de amor mais linda que eu já presenciei. Vou relatar os detalhes em outro post, mas o que posso dizer agora é que estou mais apaixonado do que jamais estive, e acredito com todas as minha forças que ela é a mulher com quem eu quero compartilhar os dias da minha vida.

Mesago.me

Eu estava pensando nessa necessidade que temos de nos comunicar, e em como isso se tornou mais simples com a tecnologia. Contudo, apesar da...