Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Sempre mudando

Mudar de ideia é sinal de inteligência, afinal, seria muito ignorante seguir por um caminho do qual você não quer chegar no final. Por isso estou sempre mudando. Mudando de ideia, mudando de estilo, mudando de opiniões, mudando meus planos.
A mudança à que me refiro agora, é em relação a minha vida profissional e pessoal. É cedo pra dizer, mesmo porque comecei a pensar nisso à poucos dias, mas a mudança vai ser realmente grande, uma nova fase, sempre uma nova fase. Mas é que, só temos uma vida aqui, então é interessante vivermos tudo o que temos pra viver, antes que seja tarde, certo?

Sábado

Minha mente está fervilhando de idéias e processando tudo que eu li e aprendi essa semana, mas hoje, sábado, eu faço tudo menos trabalhar. Tenho poucas regras, e uma delas é não trabalhar pelo menos um dia por semana. Não é à toa que é um dos mandamentos do velho testamento, e também acredito que preciso desse dia com a mente vazia, pra absorver o que tenho aprendido e estudado nos demais dias. Clarear a mente, mudar os pontos de vista. Acredito mesmo nisso, tenho agido assim nos últimos anos e acho que está dando bem certo.
Além do mais, é como eu disse, faz parte dos mandamentos do velho testamento, e não custa nada seguir as instruções do manual do fabricante né? Digo, Deus criou o homem, e sabe como o corpo e o cérebro devem ser usados. Acredito tanto nisso que respeito o manual.

Dia das crianças

Dia das crianças. Pra variar Vinicius não gostou do meu presente. Eu tenho o dom de sempre escolher o presente errado. Por isso, sempre que possível eu levo ele pra escolher, assim acabo economizando e ele ainda fica satisfeito.
Sempre prefiro comprar alguma coisa que pelo menos tenha alguma serventia, ou que seja educativo, como no último aniversário, que eu convenci ele a escolher um telescópio, e no último Natal em que o Papai Noel deu um violão de verdade pra ele.
Pode até ser que ele não fique tão animado na hora, mas eu sei que são coisas importantes pra ele. Geralmente coisas que eu queria ter tido quando era criança.
Brinquedos ele brinca, enjoa logo e quebra em poucos dias, tem montes dele pelo quintal e pelos cantos da casa. E nesse dia das crianças, eu quis variar e comprei uma pistola de dardos de isopor pra ele. Achei super legal, mas ele não tem força ainda para atirar. Falha minha!

Conhecer as regras não nos coloca acima delas

Conhecer as regras, as leis, nos dá uma grande vantagem, porém não nos coloca acima delas. Um físico não deixa de cair se tropeçar pelo fato de conhecer a lei da gravidade, um advogado não deixa de ser preso se cometer um crime.
O que quero dizer com isso é: Não julgue minhas palavras pelas minhas atitudes e pelos meus erros. Sou humano e falho, mas as mensagens vêm de cima.

Android

E quando eu já estava quase desanimado com a empresa, vem o Android e me trás uma nova onde de energia para estudar e trabalhar.
Pegamos um projeto para desenvolver, de uma empresa que eu trabalhei alguns anos atrás, e agora recebemos uma proposta de uma empresa da Carolina do Norte nos Estados Unidos.
Complicado, por ser totalmente diferente de tudo o que eu sei, começando pela linguagem (Java) que eu nunca havia usado. A plataforma também é completamente diferente de um PC, mas adoro desafios e adoro aprender coisas novas.
Como esta é a última chance que estou dando para a empresa antes de congelar por um tempo, espero realmente que dê tudo muito certo. Vamos ver?

Passos pra trás

Um hábito que todos deveríamos ter, é a auto-avaliação. De tempos em tempos, todos deveríamos tirar algumas horas para avaliar como andam nossas vidas, pessoal, profissional, como estão os nossos sonhos. O que foi realizado, o que falta ser realizado, quanto tempo ainda falta para alcançarmos nossos objetivos, e se estamos caminhando na direção certa.
Isso evitaria que muitos erros graves fossem cometidos. Principalmente aqueles que não podem ser corrigidos.
Pois bem, atualmente estou me dando uma última chance antes de mudar de rumo. Vai ser meu último projeto como investimento na empresa, e se não for o bastante, vou pegar outro caminho por um ou dois anos antes de voltar a pensar na empresa.
Não estou desistindo de nada, eu nunca desisto! Vai ser apenas uma outra forma de tentar chegar no mesmo lugar.
Para chegar no topo de uma montanha, às vezes chegamos em pontos onde não se pode subir mais, então precisamos voltar alguns passos e pegar uma trilha diferente.

Filhotes de gambá

Essa manhã, como em todas as demais, eu fui olhar o jardim de ervas medicinais que estou cultivando no quintal e me deparei com uma situação bastante complicada.
Tinha uma gambá, mas não desses gambás pretos com listra branca que vemos na tv, era uma gambá com pêlos dourados e pretos e rabo careca. Estava morta bem no meu jardim medicinal, e sem marcas nem ferimentos, ou seja, não foi morta por um cachorro ou outro animal. Mas o que mexeu mesmo comigo, é que haviam 4 filhotes recém-nascidos em sua bolsa.
Tirei os filhotes da bolsa, coloquei numa caixa de papelão, cobri com uma camiseta velha do Vini e tentei dar leite pra eles, mas não deu muito certo, porque eles são novinhos demais e muito pequenos.
Então minha irmã sugeriu que levássemos eles para o zoológico aqui de Guarulhos e fizemos isso.
Lá no zoológico os biólogos disseram que isso é muito normal e nessa época do ano acontece bastante.
Ficaria com o coração mais tranquilo se pudesse cuidar deles eu mesmo, mas tenho certeza q…