sábado, 21 de julho de 2012

3 meses

Essa semana completamos 3 meses juntos, e eu nem consigo me lembrar de como era não acordar todas as manhãs sem ela do meu lado, na minha cama. Já faz tempo o bastante para que eu tenha esquecido de como  era dolorosa a incerteza do nosso futuro sempre juntos.
O tempo tem cicatrizado as feridas no meu peito, e agora elas já estão quase que completamente fechadas.
Essa semana encerra o primeiro ciclo do nosso relacionamento real. Agora nos conhecemos de verdade e nos comunicamos apenas com olhares. Não temos mais medo de acordar desse sonho e sabemos de o outro não vai sumir num piscar de olhos.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Predestinados

Eu nunca realmente tive uma escolha. Desde a primeira vez que eu vi aqueles olhos, eles nunca mais saíram da minha cabeça, nem por um minuto. Desde a primeira vez que eu a vi, eu nunca dormi sem estar pensando nela, e nunca acordei sem que ela fosse a primeira coisa que me viesse à mente.
Eu tive todos os motivos para desistir, mas isso nunca realmente se passou pela minha cabeça.
Eu não entendo os motivos, mas desde o nosso primeiro encontro, eu tive plena certeza de que ela seria o amor da minha vida, e eu não poderia sequer pensar na possibilidade de deixar algo especial assim passar.
Eu nunca tive escolha. Ela sempre foi tudo que eu sempre quis, mesmo antes de conhecê-la, mesmo antes de ela ter nascido, eu já sonhava com o bem que ela me faria, e com a felicidade que ela me faria sentir.
Quando me lembro de como era estar longe dela, eu agradeço por ela estar comigo agora, e vou sempre fazer o possível e o impossível pra fazer com que ela seja tão feliz comigo quanto eu sou com ela.


terça-feira, 10 de julho de 2012

Revolução Constitucionalista de 1932


Não sei nada sobre a história do feriado, mas pra mim foi um final-de-semana prolongado em casa com minha família. E é só isso que eu quero agora, mais tempo com minha família. Isso considerando que Ângela, minha noiva, já é parte da minha família.
No sábado fez frio, e aproveitamos o pouco Sol pra ficar com o celular e o tablet colocando nossas redes sociais em dia. E a noite teve uma festa na Ivani, foi aniversário de 2 anos do Ícaro, o filho da Camila.
Foi legal. Tinha vários caldos, e nesse frio foi muito bom, mas me deu uma reação no sistema digestivo...
Não tinha ninguém do bairro além do pessoal de casa. E choveu forte, então eu peguei Ângela de cavalinho e muito muito legal correr com ela nas costas na chuva.
Assistimos a luta do Anderson Silva, que terminou bem tarde, apesar de ter sido super rápida. E caímos na cama morrendo de sono.

O domingo foi igualmente tranquilo. Eu preparei meu tradicional macarrão, mas poucos vieram almoçar em casa por conta da chuva. Então aproveitei pra descansar até cansar de não fazer nada.
O máximo que fizemos foi ficar jogando no tablet e vendo TV. Assistimos um filme horrível, 'O Mistério da Rua 7', que começa e termina sem pé nem cabeça.

A segunda-feira não foi muito diferente. Eu fiz novamente meu macarrão, pois a tia Regina com o tio Paulo vieram almoçar em casa, além das minhas irmãs e minhas sobrinhas. Dia gostoso. E no final da tarde fomos na casa da Elaine tomar café da tarde e foi bem legal.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Final-de-semana


Final-de-semana bem legal.
No sábado, Ângela e eu levantamos cedo pra ir pra reunião na escola do Vinicius. Tomamos café-da-manhã na padaria e fomos no Tucuruvi encontrar o Leonardo Costa. Meu amigo, e primo de consideração da Ângela.
Passamos na casa dos pais dela pra chamar Andreza e Pedro pra passar o dia com a gente, Pedro veio, mas Andreza ficou com vergonha e não foi com a gente.
Fomos para casa, onde Vinicius e Pedro começaram a brincar e se deram muito bem. Depois fomos almoçar no Giraffa´s do Maia e passamos o resto da tarde no Bosque Maia.
Vinicius e Pedro se entenderam muito bem. Tem praticamente a mesma idade e brincaram muito juntos.
Foi legal poder conversar com mais gente em LIBRAS para testar minha fluência, e eu vi que estou muito bem.
A noite levamos Leonardo de volta no Tucuruvi e deixamos Pedro em casa. Foi um dia bem legal.
No domingo ficamos em casa. Praticamente sem fazer nada o dia todo.
A tarde ela quis sair para comprar sorvete, aproveitei para dar a primeira aula de direção para ela. Foi a primeira vez que ela dirigiu e ficou super emocionada, aliás, foi muito bem.

Mesago.me

Eu estava pensando nessa necessidade que temos de nos comunicar, e em como isso se tornou mais simples com a tecnologia. Contudo, apesar da...