quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Final do ano

Estamos passando por uma fase bem tranquila, em todos os sentidos!
A mãe do Vini não tem mais causado problemas, estamos nos dando relativamente bem, e nosso filho não teve mais passado por situações traumáticas para seu desenvolvimento.

Ele e Helô fizeram duas apresentações de final-de-ano pela escola. Na primeira Vini fez uma apresentação de karatê e foi o primeiro aluno de toda a escola a se apresentar!
E depois fizeram apresentação de dança, onde Vini foi fantasiado de Shrek, e a Helô de zebra do filme Madagascar.
Para a segunda apresentação levei a Márcia que se comportou muito bem.

O processo pela guarda está a ponto de ser encerrado, e nossa participação já foi finalizada, estamos confiantes com o resultado.

Os negócios vão bem, e agora eu é que não estou conseguindo dar conta do desenvolvimento e estou desesperadamente precisando encontrar alguém pra treinar.

Falando em treinamento, tenho praticado muay thai nos últimos meses, e junto com a musculação tem dado um resultado bem interessante no meu corpo, tô curtindo bastante.

Tenho conhecido algumas pessoas muito interessantes e até voltei a sentir os hormônios da paixão correndo pelas minha veias de novo, e é uma sensação ótima, apesar de não ter nada sério ainda..

Muitas coisas importantes aconteceram, mas eu perdi a oportunidade de registrar aqui, então, espero não cometer mais um deslize desses no futuro, mas por enquanto é só!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Amigos


Hoje, só o que eu preciso para ter a sensação de que está tudo bem, é estar com você. E apesar de parecer meio impaciente e chato às vezes, eu nunca vou deixar de admirar e vigiar você.

Você não precisa fazer palhaçadas ou continuar fazendo coisas de criança pequena, porque pra mim você sempre vai ser o centro de tudo, e a pessoa mais importante do mundo!

Eu pareço não te dar atenção quando você me chama, mas é porque estou concentrado, e logo que termino, me viro e procuro por você. Porque meu trabalho, e espero que o seu também, exige muito da concentração e inteligência, e precisamos dele para levar essa vida boa que levamos, bonitão!

Brigamos sim, como bons amigos que somos, porque além de ser seu pai, eu sou e sempre vou ser seu amigo. Amigo de verdade, pro que der e vier. Pra que você sempre posso confiar em mim pra tudo, sem medo e sem receio.

Quero saber dos seus amigos e das suas brigas, dos seus sucessos e fracassos, porque todos temos momentos de fraqueza, e o direito de errar.
Quero saber dos seus sonhos e desejos, e conhecer todas as suas namoradas.

É claro que eu brigo com você, e logo você vai estar brigando comigo também, quando você ver que estou errado! E eu costumo errar..

E por enquanto é isso. Comer bastante pra crescer forte. Estudar e brincar bastante pra desenvolver bem a mente e o corpo e estar sempre em contato com a família e o papai aqui para manter esse espírito lindo e essa aura cristalina, para se tornar assim o homem brilhante que você nasceu pra ser.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Período de Reformas

Estou passando por um período de reformas.
Primeiro, mudei radicalmente a minha postura em relação as coisas, principalmente depois do último desentendimento por causa do meu filho. Desde então nunca mais permiti que ele fosse exposto à qualquer situação que pudesse fazer mal a ele psicologicamente, e isso está sendo muito bom, e percebo que ele sentiu bem a diferença.
Apesar de ser uma criança cheia de energia, que não pára um segundo o dia inteiro, ele está bem mais tranquilo agora, menos agitado, e mais concentrado, e isso é reflexo dos terrenos de paz que conquistamos.

Além disso, depois de algum tempo parado, coloquei o Civic de volta à ativa.
Custou carro, mas valeu a pena ter investido pesado no meu brinquedinho preferido. Depois de uma geral no motor, e nos pneus, ele tá bonzão agora, e já está me acompanhando para todos os lugares novamente!

E finalmente, depois de quase 15 anos, estou reformando o quarto principal da chácara, aquele que foi o primeiro quarto a ser construído aqui, e que já foi usado para tantas coisas, para ser o meu quarto.
Coloquei forro de madeira no teto, massa corrida nas paredes que estamos pintando de azul sereno, maçaneta nova, reforma na janela e ainda vou colocar carpete, para que Vini possa brincar descalço numa boa como ele gosta. E está ficando show de bola!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Desentendimento entre amigos

Resolvi sair para dar uma volta com Vinicius aqui na avenida esse início de tarde. Estava disposto a comprar alguma coisa pra ele, algum brinquedo para que ele se distraísse um pouco aqui, já que estamos só nós dois e eu preciso de um tempo pra trabalhar.
Fomos numa loja de importados aqui da avenida, onde tem um monte de brinquedinhos legais, e eu falei pro Vinicius escolher o que ele quisesse. Tem muitos brinquedos do Ben 10, Bakugan, vários brinquedinhos bonitos que sempre chamaram a atenção dele quando passamos na frente da loja. Mas dessa vez, só porque eu falei pra ele escolher o que queria levar, ele foi encontrar um carrinho de controle remoto no alto da prateleira. O brinquedo mais caro e delicado da loja.
Fiquei muito irritado, pedi para ele escolher outro, mas aí ele se fixou no carrinho e não teve jeito.
Eu ainda fiz o possível para que ele mudasse de idéia, mas então, além da vendedora que estava nos atendendo, vieram os dois donos da loja para 'ajudar' Vinicius a não desistir do carrinho. Ficaram todos brincando com os carrinhos de controle remoto pra deixar ele com ainda mais vontade.
Resumindo, compramos o carrinho e eu voltei pra casa com uma frustração muito grande e um enorme arrependimento por ter dado essa oportunidade pra ele. Tenho certeza de que se eu tivesse comprado um dos outros brinquedos e dado pra ele de presente ele iria adorar!

Se bem que, chegando em casa, mais calmo, eu vi que o carrinho realmente é bem legal, mas ainda assim eu tenho certeza de que logo ele enjoa e ou quebra ou larga de mão..

Mas não importa, ele continua sendo meu melhor amigo, e eu fazendo de tudo para ser o melhor pai do mundo pra ele.


quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Dando um tempo

Depois de uma série de coisas meio chatas que aconteceram no último final-de-semana, Vinicius e eu resolvemos dar um tempo do clima pesado que se criou nas redondezas das nossas casas, e estamos viajando para esperar as coisas esfriarem.
Não estamos fugindo e nem nos escondendo de ninguém, apenas dando um tempo mesmo de tudo o que vinha acontecendo.
Vinicius é uma criança, tem só 4 anos e não merece receber do mundo nada além de amor.
Eu faço tudo pela saúde e o bem estar do meu filho, sem limites, e temos passado por momentos agradáveis nos últimos dias. Só nós dois, e ele é meu melhor amigo.
Talvez algumas pessoas não entendam, mas só estou fazendo o melhor para todos. E enquanto eu não sentir que o ambiente está propício, não volto para casa, para que as coisas continuem como antes.
Nunca que eu vou permitir que meu filho cresça traumatizado. Pelo contrário, quero que ele cresça saudável, feliz e inteligente. Num ambiente feliz e cercado de amor por todos os lados.
Faz quase uma semana, e Deus sabe o quanto quero voltar pra casa o mais rápido possível.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Agosto de 2010

O mês de agosto correu bem, de um modo geral.
Tivemos algumas brigas, mas nada muito sério ou duradouro. E a maior parte do tempo vivemos numa boa.
Os negócios vão bem, eu é que não estou dando conta de todo o trabalho que a empresa está demandando. Porém, nesse mês, Juliana voltou a me ajudar.
Muitas coisas aconteceram, mas no geral, uma rotina se estabeleceu. Eu trabalhei demais. Vinicius vai pra escola todo dia, e eu vou dormir tarde, geralmente trabalhando até não aguentar mais, ou ocasionalmente lendo um livro até pegar no sono.
Porém, de todos os acontecimentos desse mês, o mais importante, é claro, foi o nascimento do mais novo membro da família. Bianca nasceu linda e cheia de saúde.
Chegou para completar o ciclo dessa geração da nossa família. Exatamente como deveria ser!


quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Cessar fogo!


Um dia depois do nosso desentendimento, com as cabeças mais frias, conversei com ela e acabamos resolvendo que ninguém iria se favorecer com mais uma briga, e que o melhor para todos seria levantarmos a bandeira branca o mais cedo possível e passar por cima desde último incidente.
Sendo assim, meu filho já voltou a ir para a escola, e a dormir comigo também..

É isso que todos nós queremos em nossas vidas: PAZ!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Meu amor é minha única fraqueza

As coisas estavam indo bem. Eu batalhei bastante mas nos últimos meses, estavamos vivendo em relativa paz, com o Vinicius podendo ir e vir e ficar onde ele quisesse. Pois no meu ponto de vista, nenhuma outra solução faz mais sentido, já que atualmente somos vizinhos.
Mas noite passada, só porque ela descobriu que eu ganhei a Mônica, ela ficou fora de si e resolveu, mais uma vez, colocar o Vinicius no meio da sua loucura, usando ele para me atingir.
Assim que eu cheguei na casa dela, ele veio correndo querendo ir pra casa comigo, mas ela impediu, segurando ele com força, enquanto ele se debatia querendo sair. Eu segurei ela para que ele pudesse se libertar, mas ela mandou seu filho mais velho segurar ele. Não preciso dizer o quanto isso me esquentou o sangue. Ver aquele maloqueiro segurando meu filho.. E pra completar ela me deu uma cabeçada da boca, o que me deixou ainda mais nervoso.
Para não fazer uma besteira, eu saí e pedi para minha família me ajudar, pois se eu tivesse que resolver sozinho, a coisa poderia ficar muito feia. Então ela trancou a porta por fora e pegou uma faca. A mãe dela tentou impedí-la, e acabou cortando a mão. Ela machucou meu pai também, e a situação só não ficou pior porque eu resolvi que seguir com aquilo só iria prejudicar ainda mais meu filho.
Chamamos a polícia, mas eles não puderam fazer nada. Ficaram do meu lado, mas disseram que a justiça não poderia ajudar.
O processo pela guarda definitiva do Vini dura mais de um ano já, e o processo não evoluiu nada desde o início.
Depois de algumas horas eu voltei lá, e coloquei meu filho pra dormir..

Agora, no dia seguinte, ela está impedindo meu filho de sair de casa. Ele chora querendo vir comigo, mas ela está impedindo. Isso machuca demais. Ela impediu ele de ir pra escola hoje! A justiça não pode me ajudar, mas eu sei que se eu resolver as coisas do meu jeito aí a justiça certamente vai interferir e vir contra mim, então prefiro usar a estratégia e a inteligência. Só espero que ele entenda e me perdoe. Não sou fraco, mas o amor que eu sinto por ele é minha única fraqueza, e ela vai usar isso contra mim até quando puder.

Ela não aceita nossa separação.

Ela não trabalha e não faz nada da vida. Passa o dia todo em casa e por isso minha felicidade incomoda tanto, já que ela não tem uma vida. Por isso não consegue me esquecer e deixar isso passar.
Estamos separados a mais de um ano e ela ainda vive minha vida ao invés de ter uma vida pra ela. E isso só não me incomoda, mas usar meu filho dessa maneira, isso sim me deixa muito mal..

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

A empresa

Nos últimos meses tenho me dedicado quase que inteiramente à empresa. Não fosse pelo Vinicius me trazer de volta, eu passaria todo o tempo trabalhando. Passo grande parte do tempo desenvolvendo, outra parte planejando, criando manuais, pensando em estratégias, analisando as propostas. Tem sido intenso, e sinto que em breve as coisas vão mudar radicalmente para melhor, e todo o trabalho e esforço que estamos tendo será recompensado.
Nas últimas semanas estive implantando o DSoft Delivery, aquele sistema que eu sempre quis desenvolver, e em meados de 2008 comecei a criar, em uma rede de lojas de móveis e eletrodomésticos no interior do estado.
Passei uns dias em Jacupiranga, e passei também por Cananéia. Apesar de ser uma experiência extremamente válida e gratificante, e meio que como a realização de um sonho, nesse tempo que fiquei fora, que foram praticamente 5 dias, senti muita saudade do Vinicius. Senti saudades de toda minha família, é claro, mas principalmente do Vinicius.
Hoje estou trabalhando sozinho, não tenho ainda com quem dividir a carga e nem as recompensas, mas espero que muito em breve eu mesmo seja apenas uma peça na empresa, pois quero vê-la grande e poderosa, dominando o mercado com meus sistemas que estão sendo planejados e desenvolvidos com muito carinho e inteligência por mim agora.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

DSoft Sistemas

Estamos agora com um novo endereço virtual. Estamos trabalhando firme pela empresa, agora só precisamos de mais clientes para o DSoft Delivery.

Enquanto isso, já que o sistema está bem completo e avançado, estamos trabalhando no material da empresa, como banners, power points e o próprio site. Visitem:

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Desvios

Depois de 2 anos trabalhando por conta própria os últimos meses foram decepcionantes financeiramente, o que me fez repensar minha situação atual e mudar os planos.
Estou voltando ao mercado de trabalho. Voltei a enviar uns currículos e fazer entrevistas. Estou muito empolgado, não estou desistindo da empresa e nem de nada, apenas mudando os planos.
A empresa continua, e logo que tiver clientes novos o suficiente eu volto a me dedicar exclusivamente a ela.
Tomei alguns golpes mas isso não vai me desanimar e nem me atrapalhar. Sou capricorniano e não sei desistir dos meus objetivos.

terça-feira, 2 de março de 2010

Fevereiro de 2010

O mês mais curto do ano foi bem tranquilo e gostoso.
Não tivemos problemas de forma alguma em casa, com a família. Pelo contrário, fomos pra praia (com excessão da Elaine e do Fabiano) pra comemorar o aniversário da minha mãe, e fazia um certo tempo já que não fazíamos isso.
Além disso, como o início do mês foi extremamente quente, contrastando com o final, nos associamos a um clube em Arujá, onde fomos várias vezes no decorrer do mês. Muito bom mesmo lá. Tem várias piscinas e uns trampolins muito altos, de verdade, que me fazem sentir medo só de lembrar.
Vinicius, que puxou aos pais fica o dia inteiro na piscina se deixar, e já tá até mergulhando.

A obra faraônica do meu pai murando toda a propriedade da família vai indo muito bem, e toda a frente já foi finalizada. Ele realizou seu grande sonho de colocar um portão automático de 3 metros de altura e mais de 4 metros de largura na entrada, e realmente ficou muito bom. Os muros tem a mesma altura e as laterais já foram iniciadas.

Esse mês a Elaine voltou a morar em casa, e eu passei bastante tempo em Bragança pra dar uma força pra ela, que tá grávida de pouco mais de 3 meses.

Tive alguns problemas com o sistema de arrefecimento do meu Civic 98, mas ainda assim eu gosto dele.

Vinicius voltou a estudar e esse ano o rapaz tá tendo karatê e inglês, entre outras coisas.






Mais metas para o futuro

Estou num momento muito bom e confortável da minha carreira. Depois de décadas trabalhando com desenvolvimento de softwares posso dizer que...