quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Dando um tempo

Depois de uma série de coisas meio chatas que aconteceram no último final-de-semana, Vinicius e eu resolvemos dar um tempo do clima pesado que se criou nas redondezas das nossas casas, e estamos viajando para esperar as coisas esfriarem.
Não estamos fugindo e nem nos escondendo de ninguém, apenas dando um tempo mesmo de tudo o que vinha acontecendo.
Vinicius é uma criança, tem só 4 anos e não merece receber do mundo nada além de amor.
Eu faço tudo pela saúde e o bem estar do meu filho, sem limites, e temos passado por momentos agradáveis nos últimos dias. Só nós dois, e ele é meu melhor amigo.
Talvez algumas pessoas não entendam, mas só estou fazendo o melhor para todos. E enquanto eu não sentir que o ambiente está propício, não volto para casa, para que as coisas continuem como antes.
Nunca que eu vou permitir que meu filho cresça traumatizado. Pelo contrário, quero que ele cresça saudável, feliz e inteligente. Num ambiente feliz e cercado de amor por todos os lados.
Faz quase uma semana, e Deus sabe o quanto quero voltar pra casa o mais rápido possível.
Postar um comentário

Entrando em forma

Nunca fui um atleta. Sempre fui uma pessoa que usa muito mais a mente do que o corpo. Desde os tempos de escola que nunca me dei muito com...