domingo, 11 de maio de 2008

Dia das mães

De Família


Neste domingo, dia das mães, nós fomos a casa dos nossos pais.
O Vinicius não acordou muito bem, desde ontem ele está com leves sintomas de gripe, com tosse e com o olho direito irritado.
Por volta do meio-dia meu pai veio nos buscar. No caminho compramos um frango-assado (com batatas assadas) e uma rosca de côco.

O almoço foi muito bom. Minha mãe preparou um macarrão e arroz, e todos almoçamos lá.

Conversei muito com meus pais, sobre meu emprego e minha carreira (que está indo muito bem), sobre a tia Matchú e o Henrique, que estão longe da família, lá no Mato Grosso, e a um tempo já não temos mais notícias deles, e sobre o Vinicius, que está ficando meio rebelde.

Meu pai está muito feliz e empolgado com sua fábrica, que conta atualmente com 3 máquinas de costura e três empregados além da família.

A Márcia e eu passamos um bom tempo na casa do Luiz e da Mércia, conversando com eles, que atualmente estã se planejando para se mudarem para o nordeste ainda este ano.

O dia correu muito bem, e no final da tarde meu pai veio nos trazer em casa. O Vinicius, que durmiu durante toda a viagem, voltou com meus pais para a casa deles para ficar até amanhã à tarde.

O importante foi que eu matei as saudades da minha família, e sobre tudo da minha mãe, que eu já não via desde a última sexta-feira santa. Lhe dei um presente, coisa que a muito tempo eu não fazia e tudo correu muito bem.

Foi um dia maravilhoso.
Postar um comentário

Mais metas para o futuro

Estou num momento muito bom e confortável da minha carreira. Depois de décadas trabalhando com desenvolvimento de softwares posso dizer que...