quarta-feira, 28 de maio de 2014

Epitáfio

Quando eu morrer, não quero meus parentes e amigos chorando sobre meu corpo, pois eu mesmo estarei com eles, sorrindo e feliz por ter completado mais uma vida plena, cheia de realizações e de amor.
Quero que sintam minha presença entre eles, como nas nossas festas, pois estarei lá, abraçando e beijando suas testas como eu sempre faço.
Quero que se lembrem do meu sorriso de sempre, e que me chamem sempre que sentirem saudades, pois estarei com eles enquanto eles viverem. Jamais estarão sozinhos.
Postar um comentário

Entrando em forma

Nunca fui um atleta. Sempre fui uma pessoa que usa muito mais a mente do que o corpo. Desde os tempos de escola que nunca me dei muito com...