segunda-feira, 29 de abril de 2013

Workaholic

Atualmente, além de ter uma rotina cheia, com um filho de 7 anos, outro de 2 meses e uma esposa jovem. Tenho um emprego, de desenvolvedor de softwares sênior numa grande empresa. O que seria demais para qualquer pessoa. Mas, não satisfeito, ainda tenho minha empresa, onde desenvolvo projetos de softwares, e me consome todo tempo disponível.
Eu nunca paro, nunca relaxo, nunca estou "sem fazer nada". O tempo todo estou pensando em produzir algo, em fazer a diferença, criar algo útil. Não por mim, mas pelo futuro, pela sociedade e pela minha família que vai dar continuidade ao meu trabalho quando eu não puder mais fazer isso.
Esse final-de-semana meu pai me acusou de ser egoísta, de só pensar em mim mesmo e no meu trabalho. Mas, não vejo como posso ser egoísta se estou trabalhando, criando projetos que vão se desenvolver a longo prazo. Minha empresa, eu trabalho nela porque sei que meus filhos poderão dar continuidade. Cada projeto que eu desenvolvo, eu sei que estou ajudando as empresas que vão trabalhar com meus sistemas.
Enfim, estou me esforçando para fazer sempre o melhor.

Postar um comentário

Mais metas para o futuro

Estou num momento muito bom e confortável da minha carreira. Depois de décadas trabalhando com desenvolvimento de softwares posso dizer que...